sábado, 14 de abril de 2012

Leitura e internet - questões para reflexão

Lendo a reportagem "Para aumentar leitores é preciso fazer ligação entre internet e literatura" de Alana Gandra na Agência Brasil fiquei pensando em algumas questões fundamentais na nossa prática cotidiana dentros dos laboratórios de informática:

... se "a ampliação do hábito da leitura entre estudantes brasileiros requer a existência de mediadores preparados que entendam as novas ferramentas tecnológicas" precisamos urgentemente conhecer essas ferramentas e perceber seu potencial pedagógico.

... precisamos entender e descobrir como levar os alunos "a fazer a ligação com o mundo em que vivem (entenda-se, mundo tecnológico) por meio da literatura". Será que nós, adultos e professores, conseguimos fazer isso na nossa vida cotidiana?

... sabemos que a internet, hoje, abriu mais espaço para a leitura e a escrita. Somos obrigados a ler, a escrever, a nos comunicar. E como isso se dá na escola? O que lemos e escrevemos nas aulas de informática na escola? Como nos comunicamos? Com quem? Ainda estamos reproduzindo antigas práticas pedagógicas e ousando pouco com as ferramentas que temos a nossa disposição.

... a professora Eliana Yunes fala em "simplificação do uso da língua”. Isso se dá, especialmente, nas redes sociais, pois as relações se limitam a um determinado grupo que pensa e escreve igual. Por isso a mediação do professor é tão importante, para conseguir avançar nessas relações e no uso de ferramentas de comunicação, estimulando o pensamento crítico para sair do senso comum.

... para que os alunos "saiam desse “chão raso” e possam ser levados para uma experiência criativa da linguagem" como propoem a professora Eliana, é preciso oferecer conteúdo literário de qualidade, inclusive online ou em meios digitalizados (e-books). Por exemplo: bons sites de poesia, blogs, pequenas histórias, museus, espaços que discutem música, história, etc.

... mas a qualidade desse conteúdo está diretamente ligado ao professor, que DEVE filtar algumas informações e apresentar espaços adequados para que esse objetivo seja atingido. O uso dirigido da internet não é um "crime pedagógico" quando temos uma intenção clara (já ouvi isso por aí). Claro que aprender a usar sites de busca é importante, mas não conseguiremos dar um salto qualitativo senão indicarmos parâmetros de qualidade, isto é, sites, blogs, consteúdos digitais, etc.

... temos que nos tornar leitores de várias linguagens e vários suportes, sem preconceitos, mas com um olhar atento para o que é relevante e significativo.

... eu me pergunto e deixo essa reflexão: qual é a herança cultural que estamos deixando para os nossos jovens?


Leia a reportagem na íntegra aqui:
agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-07-10/para-aumentar-numero-de-jovens-leitores-e-preciso-fazer-ligacao-entre-internet-e-literatura-diz-profe 

Outros posts sobre o assunto:



0 pessoas deixaram comentários!:

Compartilhe