quarta-feira, 8 de novembro de 2006

::SE OS ALUNOS NÃO APRENDEM COMO VOCÊ ENSINA, POR QUE NÃO ENSINAR COMO ELES APRENDEM?::



Provocativo o artigo do professor Luiz Machado da Cidade do Cérebro. Ele faz algumas afirmações e muitas provocações. Vou deixar algumas registradas:


  • Uma turma não é um grupamento homogêneo.
  • Cada aluno tem seu estilo de aprendizagem.
  • As dificuldades de aprendizagem de alguns alunos podem ser divididas a que não estejamos respeitando seu estilo de aprendizagem.
  • “Educação” significa “criar as condições para que os alunos revelem seu potencial e aprendam mais rápido e melhor”.
  • Hoje com os conhecimentos que possuímos a respeito do funcionamento do cérebro humano a reprovação torna-se uma aberração.
  • Nós, professores, existimos para conduzir o processo de aprendizagem de modo que os alunos aprendam e não que sejam reprovados.
  • Quando detectamos o problema do aluno já temos metade da solução para oferecer-lhe.

Como reprovar o aluno no pré-primário
ou mesmo no primário se é a
nós que cabe criar as condições para que ele aprenda?

Para ler o artigo na íntegra, clique aqui.

Fonte: Cidade do Cérebro

Outros posts sobre o assunto:



0 pessoas deixaram comentários!:

Compartilhe