quinta-feira, 5 de julho de 2012

Avaliação Diagnóstica da Alfabetização - Parte 2

Identificar o nível de alfabetização dos alunos nos dá subsídios para planejar estratégias mais eficientes que levem a aprendizagem. Eu costumo realizar avaliações periódicas para verificar o que as crianças já sabem e o que mais eu preciso trabalhar para que elas continuem avançando na aquisição da base alfabética.

Separei alguns materiais de referência que eu costumo utilizar e que são muito práticos na rotina da sala de aula de alfabetização:

1) Diagnóstico na alfabetização para conhecer a turma
http://revistaescola.abril.com.br/lingua-portuguesa/alfabetizacao-inicial/conhecer-nova-turma-431205.shtml

A reportagem da Revista Escola apresenta várias dicas para entermos melhor o nível em que a criança se encontra, explicando as hipóteses segundo Ferreiro e Teberosky:
"Diagnosticar o que os alunos sabem, quais hipóteses têm sobre a língua escrita e qual o caminho que vão percorrer até compreender o sistema e estar alfabetizados permite ao professor organizar intervenções adequadas à diversidade de saberes da turma. O desafio é propor atividades que não sejam tão fáceis a ponto de não darem nada a aprender, nem tão difíceis que se torne impossível para as crianças realizá-las."
2) Avaliação diagnóstica da alfabetização - Proletramento
http://www.smec.salvador.ba.gov.br/site/documentos/espaco-virtual/espaco-praxis-pedagogicas/AVALIA%C3%87%C3%83O/avaliacao-diagnostica-da-alfabetizacao.pdf

O material do Proletramento de Lingua Portuguesa além de apresentar a Matriz de referência da avaliação diagnóstica com as habilidades a serem desenvolvidas e seus respectivos descritores, traz dezenas de atividades que podem e devem ser adaptadas conforme sua realidade.


3) Caderno 5 - Alfabetização no ciclo inicial
http://crv.educacao.mg.gov.br/sistema_crv/banco_objetos_crv/%7B1379E82C-152F-40F6-960E-E30139624BC2%7D_Caderno%205%20%20aluno.pdf

Nessa produção do CEALE há um conjunto de atividades para avaliação das capacidades dos alunos do
Ciclo Inicial de Alfabetização. Elas estão apresentadas no formato de fichas, para assegurar flexibilidade

Outros posts sobre o assunto:



0 pessoas deixaram comentários!:

Compartilhe