sábado, 5 de maio de 2007

::Olimpíada Brasileira de Matemática::

Foi-se a época em que olimpíada na escola se resumia à (para alguns, torturante) atuação em jogos de basquete, handebol e demais esportes. Há algum tempo, o conteúdo visto em sala de aula também ganha espaço no pódio como meio de estimular os alunos a testar seus conhecimentos e, por que não, levá-los a sentir mais prazer pelos estudos. Já estão abertas as inscrições para a terceira edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), dividida em duas fases, cujas provas incluem de simples equações a desafiantes exercícios de geometria.

A participação dos alunos na Olimpíada de Matemática é voluntária e, com a expectativa de aumento no número de inscrições, os organizadores apostam na disposição dos estudantes em passar horas debruçados sobre uma porção de problemas para resolver. Do ano passado para cá, acredita-se que o número de inscrições vá aumentar de 10 milhões para 16 milhões. "É muito bom ver que cada vez mais alunos se interessam por Matemática", diz, com convicção, a presidente da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), Suely Druck, organizadora do projeto.

Para que os professores se afinem com a abordagem da prova, as escolas inscritas recebem um livro com um banco de questões de Matemática para ser usado em sala de aula. "Não se tratam de fórmulas prontas, mas de atividades que estimulam os alunos a raciocinar", diz Suely.
Segundo a organizadora, o livro fez diferença. "Um exemplo é a cidade de Governador Valadares (MG), que, no ano passado, com o suporte desse banco de questões, recebeu cinco bolsas de estudos e, antes disso, só havia conquistado menções honrosas", conta.

Os últimos 2 mil alunos premiados na Obmep ganharam bolsas de estudo do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), onde se aprofundam em Matemática em cursos aos fins-de-semana ou a cada 15 dias. "Alguns exercícios que eles fazem são dados até em universidades", diz Suely. "Quando os alunos moram a mais de mil quilômetros do centro de treinamento, pagamos estadia para que não percam os grupos de estudo." Professores de todo o Brasil podem ter acesso ao material do estágio no site da Obmep, ou mandar um e-mail para obter orientações sobre como trabalhar o conteúdo na escola. Entre os professores, 120 profissionais têm direito a programas de aprimoramento no Impa. Durante 10 dias, na sede do Instituto no Rio de Janeiro, participam de palestras, mesas redondas e oficinas na área de Matemática.

Inscrições e organização

As inscrições para a 3ª Olimpíada de Matemática devem ser feitas até o dia 18 de maio pelas próprias escolas, que indicam o número de alunos participantes. As vagas estão abertas para alunos de 5ª e 8ª série e também do Ensino Médio. As provas da primeira fase serão aplicadas no dia 14 de agosto e a premiação está prevista para dezembro. Confira o calendário.

Fonte: Revista Nova Escola

Outros posts sobre o assunto:



0 pessoas deixaram comentários!:

Compartilhe