segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Trabalho com estimativas


A estimativa não é um recurso muito utilizado nas aulas de Matemática, mas é uma ótima atividade para estimular o raciocínio lógico e a resolução de problemas. Os PCNs trazem esta possibilidade no volume de Matemática, página 118:
"Grande parte do cálculo realizado fora da escola é feito a partir de procedimentos mentais, que nem sempre são levados em conta no trabalho escolar.


A estimativa constrói-se juntamente com o sentido numérico e com o significado das operações e muito auxilia no desenvolvimento da capacidade de tomar decisões. O trabalho com estimativas supõe a sistematização de estratégias. Seu desenvolvimento e aperfeiçoamento depende de um trabalho contínuo de aplicações, construções, interpretações, análises, justificativas e verificações a partir de resultados exatos.


Desde as primeiras experiências com quantidades e medidas, as estimativas devem estar presentes em diversas estratégias que levem os alunos a perceber o significado de um valor aproximado, decidir quando é conveniente usá-lo e que aproximação é pertinente a uma determinada situação, como, por exemplo, identificar unidades de medida adequadas às grandezas."


Para acessar o volume de Matemática dos PCNs, clique aqui.

Para conhecer uma atividade envolvendo estimativa e medidas de comprimento realizada na Escola de Férias, clique aqui na AULA 6.

Outros posts sobre o assunto:



0 pessoas deixaram comentários!:

Compartilhe